Ubuntu certifica máquinas HP

Boas notícias para quem quer comprar computadores, a HP agora tem modelos certificados para Ubuntu. Foi anunciado por Matt Zimmerman, chefe de tecnologia da Canonical, essa boa nova. Isso significa que ao instalar o Ubuntu a máquina rodará todos os recursos da melhor maneira que a máquina puder, bem como rede sem fio, placa de vídeo e afins.

Este é um trabalho importante feito entre a Canonical e fornecedores de hardware. Como já há com Dell, Lenovo, Toshiba e outros fabricantes. Veja abaixo a atual tabela de fornecedores e quantos são as máquinas certificadas:

Fabricante Notebooks Estação de trabalho Servidores Netbooks
Dell 32 29 40 3
HP 11 37 2
Lenovo 30 13 6
Wipro Limited 30
Toshiba 13 2
HCL Infosystems Limited 3 5 2 1
IBM 11
Sun 4 7
Acer 6 2
Intel 6
PCS 4 2
System76 2 3
Asus 3
Login Informatica Com. e Ind. LTDA 2
Northern Micro 2
Quanta 2
Spirit 2
Ciara 1
eSys Wizard 1
IlhaWay 1
Positivo Informatica SA 1
Samsung 1
VMware 1

Relação de máquinas certificadas em em relação a versão:

Versão Notebooks Estação de trabalho Servidores Netbooks
10.10 34 31 60 8
10.04 LTS 28 35 72 9
9.10 4 11 11 12
9.04 10 34 38
8.10 25 12
8.04 LTS 21 18 33 2
7.10 12 9 8 1
7.04 6 7 3 1
6.10 4 1 1
6.06 LTS 2 3

As listas acima foram tiradas na íntegrar da páinga de Hardware Certificados Ubuntu.

Fonte: http://andregondim.eti.br/2010/12/ubuntu-certifica-hp-tambem/

 

About João Fracassi

Técnico em Informática e Redes com amplos conhecimentos em Ubuntu e bastante experiencia em Suporte a Desktops,Laptops,Servers e também c
This entry was posted in Linux, Noticias, Ubuntu. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s